Bota masculina preta: como compor esse look?

Você já deve ter percebido que bota masculina preta é um coringa do guarda-roupa, vai bem com quase tudo.

Garantindo um visual mais pesado, a bota couro masculina preta serve ao estilo casual, ao clássico e até ao esportivo, com uma pegada mais aventureira.

Continue lendo este post e saiba como compor um look com esse calçado, que é um dos preferidos dos homens.

Bota masculina preta: casual, esportivo ou clássico

Mesmo apenas com calça e camiseta, as botas masculinas garantem o visual mais pesado que o outono-inverno sugere. E em termos de botas masculinas, preta é cor coringa também, então vale muito adicionar às suas opções de calçados.

As chelsea boots ou botinas, aquelas com elásticos na lateral, ou a bota coturno preta masculina, com cadarços,  permitem composição de looks diversos, e continuam super em  alta nesta temporada para compor o guarda-roupa dos garotos.

bota chelsea preta masculina é um dos preferidos das celebridades há tempos, desde a época de Bob Dylan e Beatles.

Outro look  que está com tudo para usar com a bota preta masculina é a que tem traços militares.

Neste momento, entram em pauta entre as botas pretas masculinas os coturnos, com canos mais longos, cadarços mais compridos, com um visual mais descolado, com jaquetas bomber.

Já bota masculina couro preta, chamada de desert boots, que também podem ser conhecidas como chukka boots,  com cabedal confeccionado em camurça e  solas de couro ou borracha, dá pra usar do estilo mais casual ao mais refinado, com ternos e visuais mais elegantes. Mas essas botas também podem ganhar outros materiais.

Além dos modelos já citados, uma outra opção de bota masculina preta couro que está com tudo são as Logan boots, que são aquelas que agüentam toda atividade.

Esse modelo é inspirada pelo personagem Wolverine. Quem já não viu o X-Men Logan, com uma calça jeans tradicional, camiseta regata branca e uma bota?

Fonte: oscarcalcadosblog

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *